O novo Plasma traz uma interface mais limpa, assente sobre uma plataforma aplicacional gráfica nova

Tue, 15 Jul 2014

Plasma 5.0

Plasma 5.0

15 de Julho de 2014. O KDE orgulha-se em anunciar a disponibilidade imediata do Plasma 5.0, oferecendo uma experiência no ambiente de trabalho actualizada a nível visual, a qual será simples de usar e familiar para o utilizador. O Plasma 5.0 introduz   uma nova versão importante da oferta da área de trabalho do KDE. O novo conceito gráfico do tema Brisa introduz visuais mais limpos e uma legibilidade melhorada. Os fluxos de trabalho centrais foram simplificados, deixando à mesma os padrões de interacção conhecidos de forma intacta. O Plasma 5.0 melhora o suporte para ecrãs com definições elevadas e traz uma consola capaz de mudar facilmente de experiências de utilizador para diferentes dispositivos-alvo. As mudanças nos bastidores incluem a migração para uma plataforma gráfica nova, acelerada por ‘hardware’ e centrada em torno de uma cena gráfica de OpenGL(ES). O Plasma está construído com base no Qt 5 e nas Plataformas 5.

As alterações mais importantes nesta nova versão incluem:


As outras alterações visíveis ao utilizador são:

O Guia de Funcionalidades Visuais do Plasma 5.0 oferece uma viagem pelo ambiente de trabalho actualizado.

Os Gráficos do Brisa Melhoram a Claridade Visual

Configuração do Brilho no Plasma 5

Configuração do Brilho no Plasma 5

O novo tema Brisa, que ainda está na sua infância, dá as boas-vindas ao utilizador com uma interface de utilizador mais limpa e moderna, que melhora o contraste e reduz a confusão visual por toda a área de trabalho. Um maior peso sobre a tipografia e a utilização de listas verticais em vez de horizontais juntam-se a elementos gráficos mais planos e com um contraste melhorado, o que irá aumentar a facilidade de utilização. O tema Brisa, sendo um novo conceito artístico, só está ainda a começar a mostrar a sua cara. Já está disponível um tema para os componentes da área de trabalho, o tema dos itens gráficos tradicionais está em curso, e o trabalho sobre um tema de ícones novo também já deu início. A migração para uma área de trabalho com o tema Brisa total será gradual, com os seus primeiros sinais a aparecer no Plasma 5.0.
O Plasma 5 traz um maior nível de flexibilidade e consistência para os componentes básicos do ambiente de trabalho. O explorador de elementos gráficos, o selector de janelas e de actividades agora partilham um esquema de interacção comum. Um maior uso de listas verticais em vez de horizontais oferece uma melhor usabilidade. Se mover o selector de janelas para o lado do ecrã, irá desviar o foco  do utilizador em direcção às aplicações e documentos, limpando o palco para a tarefa em curso.

Experiência de Utilizador Convergente

Configuração dos Papéis de Parede

Configuração dos Papéis de Parede

O novo mecanismo do Plasma-5 de "Aparência e Comportamento" permite a troca de componentes, como os selectores de tarefas e de actividades, o ecrã de bloqueio e autenticação e a janela para "Adicionar Elementos". Isto permite uma maior consistência por todos os fluxos de trabalho centrais, melhorando a clareza nos padrões de interacção semelhantes e alterando os padrões de interacção relacionados para toda a área de trabalho de uma vez.
Sobre tudo isso, a consola do Plasma 5 é capaz de carregar e mudar de experiência de utilizador para um dado dispositivo-alvo, introduzindo uma consola de trabalho realmente convergente. A área de trabalho demonstrada nesta versão é a Área de Trabalho Plasma. Representa uma evolução dos paradigmas conhecidos dos computadores pessoais e portáteis. Estão em desenvolvimento algumas experiências de utilizadores para ‘tablets’ e centros multimédia como alternativas. Embora o Plasma 5.0 pareça familiar, os utilizadores irão notar uma experiência de utilizador mais moderna, consistente e limpa.

Plataforma Gráfica Totalmente Acelerada por ‘Hardware’

Pesquisa no Plasma

Pesquisa no Plasma

O Plasma 5 completa a migração da área de trabalho Plasma para o QtQuick. O 5's QtQuick 2 do Qt usa uma cena gráfica de OpenGL(ES) acelerada por ‘hardware’ para compor e desenhar os gráficos no ecrã. Isto permite transferir as tarefas gráficas de desenho para o GPU, libertando os recursos na unidade central de processamento do  sistema., sendo assim mais rápido e mais eficiente em termos de energia.
As mudanças internas no compositor gráfico e nas plataformas subjacentes preparam o suporte para correr sobre o Wayland, o qual está planeado para uma versão posterior.


Adaptações e Actualizações

Novo Ecrã de Bloqueio

Novo Ecrã de Bloqueio

O Plasma 5.0 oferece um ambiente de trabalho de base com um conjunto de funcionalidades que será suficiente para muitos utilizadores. A equipa de desenvolvimento concentrou-se nas ferramentas que compõem os fluxos de trabalho centrais. Como tal, nem todas as funcionalidades das séries 4.x do Plasma já estão disponíveis, estando muitas delas propostas para voltar numa versão seguinte. Como em muitas versões de aplicações desta dimensão, poderão existir erros que tornem uma migração para o Plasma 5 difícil, se não impossível para alguns utilizadores. A equipa de desenvolvimento gostaria de saber desses problemas, para que possam ser tratados e corrigidos. Compilou-se uma lista de problemas conhecidos. Os utilizadores poderão contar com actualizações de correcções de erros mensais, vindo uma versão com novas funcionalidades e outras antigas de volta no Outono de 2014.
Com uma plataforma substancialmente nova por baixo, alguns estoiros e problemas novos que precisam de tempo para ser resolvidos são esperados numa primeira versão estável. Especialmente, a performance gráfica é altamente dependente do ‘hardware’ específico e das configurações de ‘software’ e padrões de uso. Embora tenha grande potencial, leva algum tempo para tirar partido do mesmo. A camada subjacente poderá também ainda não estar suficientemente pronta para isso. Em diversos cenários, o Plasma 5.0 irá mostrar a performance suave de que é capaz - embora noutras alturas possa ser comprometida por alguns problemas. Estes poderão e serão resolvidos; contudo, muito depende de componentes como o Qt, o Mesa e os controladores do ‘hardware’ gráfico usados em níveis mais baixos.

Instalar e fornecer reacções

Antes da instalação, recomenda-se que leia primeiro a lista de problemas conhecidos.

Terminar a Sessão do Plasma

Terminar a Sessão do Plasma

A forma mais simples de o experimentar é o ISO do Neon5, uma imagem ‘live’ de SO com as últimas compilações feitas directamente a partir do código.

Algumas distribuições criaram ou estão em vias de criar pacotes; para uma visão geral dos pacotes da versão 5.0, veja a nossa página de pacotes instáveis da Wiki.

Transfira o código. Poderá instalar o Plasma 5.0 directamente a partir do código. A ‘wiki’ da comunidade do KDE tem algumas instruções. Lembre-se que o Plasma 5 não pode ser instalado em conjunto com o Plasma 4.x, pelo que terá de desinstalar as versões mais antigas ou instalá-las num local separado.

Poderá comunicar algumas reacções que através do canal de IRC #Plasma, da lista de correio Plasma-devel ou comunicar erros através do bugzilla. O Plasma 5 também é discutido nos Fóruns do KDE. As suas reacções são extremamente bem-vindas. Se gosta do que a equipa está a fazer, comunique-lhes isso!

Apoiar o KDE

O KDE é uma comunidade de ‘Software’ Livre que existe e cresce apenas graças à ajuda de muitos voluntários que doam o seu tempo e esforço. O KDE está sempre à procura de novos voluntários e contribuições, sejam elas de código, documentação, traduções, promoção, monetárias, etc. Todas as contribuições são sinceramente bem-vindas e aceites de bom grado. Por favor leia a página de Apoio ao KDE para mais informações ou para se tornar um membro de suporte do KDE e.V., através da nossa nova iniciativa Juntar-se ao Jogo.