English Català Español Italiano Svenska Українська Français

Actualização de Junho 2020 das Aplicações do KDE

É sempre um agrado quando a família do KDE cresce, e é por isso que este mês estamos especialmente felizes em dar as boas-vindas ao gestor de cópias de segurança Kup e um novo esforço de geração de pacotes: Homebrew.

Novos lançamentos

Kup 0.8

O Kup é uma ferramenta de criação de cópias de segurança que poderá usar para manter em segurança os seus ficheiros.

Antigamente era desenvolvido fora do KDE, mas neste último mês passou o processo de Incubação e juntou-se à nossa comunidade, tornando-se oficialmente um projecto do KDE. O gestor de programação, Simon Persson, celebrou esse facto com uma nova versão.

Aqui estão as alterações que irá encontrar na nova versão:

O Kup consegue criar cópias de segurança com o ‘rsync’ ou criar cópias com controlo de versões, usando a ferramenta de Python Bup. O Bup de momento só funciona em Python 2, o que significa que esta opção não estará disponível em muitas distribuições, mas uma migração para o Python 3 está em curso.


Kup

Para saber mais sobre o o Kup, o Average Linux User fez uma avaliação e um vídeo sobre o Kup há não muito tempo:

O Krita nos ‘Tablets’ de Android

Graças ao trabalho árduo de Sharaf Zaman, o Krita está agora disponível na loja do Google Play para os ‘tablets’ Android e Chromebooks (mas não nos telefones Android).

Esta versão beta, baseada no Krita 4.2.9, é a versão completa do Krita para computadores, pelo que não têm uma interface especial para ecrãs tácteis. Mas está aí, e pode mexer nela à vontade.

Ao contrário da loja do Windows e a Steam, não pedem dinheiro para o Krita, dado que é a única forma de as pessoas poderem instalar o Krita nesses dispositivos. Contudo, poderá comprar um emblema de suporte no Krita para dar suporte ao desenvolvimento.

Para instalar

Notas


O Krita no Android

Recebido

O KIO Fuse teve a sua primeira versão beta este mês.

Correcções de erros

Foram lançadas versões com correcções de erros para

Loja de Aplicações


Homebrew

Enquanto no Linux nos estamos gradualmente a habituar À possibilidade de instalar aplicações individuais a partir de uma loja de aplicações, o inverso está a acontecer no mundo do macOS e do Windows. Para esses sistemas, os gestores de pacotes estão a ser introduzidos para aqueles gostam de ter uma única fonte para controlar tudo nos seus sistemas.

O repositório de pacotes de código aberto líder nos ambientes macOS é o Homebrew, gerido por uma grande equipa de programadores, os quais incluem o antigo programador do KDE Mike McQuaid.

Neste mês, o projecto KDE Homebrew, que era executado de forma externa ao KDE, foi migrado para o KDE de forma a ser uma componente completa da nossa comunidade.

Poderá adicionar o repositório do KDE Homebrew para o macOS e obter o código-fonte do KDE compilado e pronto para você executar.

Estivemos a pôr a conversa em dia com o programador-chefe Yurii Kolesnykov e perguntámos-lhe sobre o projecto.

Fale-nos sobre si, qual é o seu nome, onde nasceu, qual é o seu interesse no KDE e no mac e o que faz no dia-a-dia?

Chamo-me Yurii Kolesnykov, venho de Donetsk (reclamado pela Ucrânia e pela República Popular de Donetsk), mas saí de lá desde que se tornou um estado falhado. Tenho uma paixão por Software Livre desde que ouvi falar sobre o mesmo, o que acontece mais ou menos no fim do ensino secundário. Penso que o KDE é simplesmente o melhor ambiente de trabalho para os sistemas Linux e Unix com muitas aplicações excelentes. O meu interesse no Mac vem do meu emprego principal, onde desenvolvo aplicações móveis para iOS como modo de vida.

O Que é o Homebrew?

O Homebrew é o gestor de pacotes mais conhecido para o macOS, funcionando mais ou menos como o APT ou o YUM. Dado que o macOS é um Unix e a Apple oferece um bom compilador e conjunto de ferramentas para o mesmo, as pessoas optaram por começar a criar gestores de pacotes para ele, pelo que poderá instalar mui aplicações gratuitas e em código aberto no Mac. O Homebrew também tem um sub-projecto chamado Homebrew Cask, que lhe permite instalar muitas aplicações binárias, i.e., proprietárias ou gráficas, dado que as aplicações gráficas são difíceis de integrara com o sistema caso sejam instaladas com o Homebrew.

Quais os pacotes do KDE que criou para o Homebrew?

Acabei mesmo agora de executar um ‘grep’ no nosso ‘tap’, é possível ver que temos 110 pacotes no total, sendo 67 deles plataformas de desenvolvimento e aproximadamente 39 aplicações. Já incluímos as aplicações mais conhecidas, como o Kate, o Dolphin e o KDevelop, devido aos pedidos dos utilizadores.

Como um utilizador de Mac, o que precisa ter para conseguir instalar as aplicações?

Em primeiro lugar, é necessário seguir o guia de instalação do Homebrew, caso ainda não o tenha feito, estando o mesmo disponível em brew.sh. Depois é necessário aplicar o ‘tap’ no nosso repositório com o seguinte:

brew tap kde-mac/kde https://invent.kde.org/packaging/homebrew-kde.git

Infelizmente bastantes pacotes do KDE não funcionam por si só, mas foi criado um programa que aplica todos os truques necessários, pelo que após o ‘tap’ terá de executar o seguinte comando:

"$(brew --repo kde-mac/kde)/tools/do-caveats.sh"

Boa pergunta. Infelizmente não temos configurado nenhum suporte analítico, sendo que será adicionado à minha lista de tarefas por por fazer. Contudo, dado que que o Homebrew é o gestor de pacotes mais conhecido no Mac, recomenda-se os utilizadores a não o misturar com outros projectos semelhantes para instalar aplicações no Mac, devido aos conflitos. Por isso, sim, penso que é bastante popular.

Quanto trabalho precisava de fazer para ter as aplicações do KDE a funcionar no Homebrew?

Durante a criação dos pacotes actuais, já corrigimos bastantes problemas comuns, pelo que a migração de aplicações novas é relativamente simples. Prometo criar um manual HOWTO para isto, dado já ter sido pedido pelos utilizadores em várias ocasiões.

De momento, os pacotes têm de ser compilados localmente; será que virá a ter disponíveis pacotes pré-compilados?

O Homebrew permite-lhe instalar as aplicações através de Bottles, i.e. pacotes binários pré-compilados. Contudo, o processo de criação de ‘bottles’ está intimamente integrado na infra-estrutura do Homebrew, i.e., é necessário executar o CI com os testes sobre todos os pacotes antes de ser criado o pacote. Como tal, optámos por integrar tantos pacotes quantos possíveis no repositório principal do Brew para eliminar o peso da manutenção.

Existem aplicações para outros ambientes de trabalho disponíveis no Homebrew?

Sim. De um modo geral, se uma dada aplicação é popular e tem um canal de distribuição fora da Loja de Aplicações do Mac, então existe uma boa possibilidade de que já esteja disponível para instalação com uma Brew Cask.

Como é que os autores de aplicações do KDE poderão ter as mesmas disponíveis no Homebrew?

O ‘hardware’ Apple é bastante caro, pelo que arranjar um Mac para cada programador do KDE não será uma boa ideia. Como tal, por agora, são bem-vindos para criar um Pedido de Funcionalidade no nosso repositório. Depois, os utilizadores ou responsáveis de manutenção do Homebrew KDE comunicam os erros caso algo não funcione como pretendido. Estamos a tentar fornecer tanta informação quanta possível a pedido dos programadores do KDE. Contudo, para já, temos um grande conjunto de pedidos pendentes para aplicações do KDE com muitos pequenos erros incómodos. Esperamos ficar muito mais integrados com a infra-estrutura do KDE, i.e., poderemos associar erros no nosso repositório aos projectos oficiais. Já migrámos para o KDE Invent, pelo que esperamos que os erros do KDE sejam migrados do Bugzilla para o KDE Invent em breve.

A outra forma de ter as suas aplicações do KDE compiladas para o Mac é com o Craft. Como é que o Homebrew compila as aplicações em comparação com as mesmas compiladas com o Craft?

Ainda continuo a pensar que o Homebrew é mais amigável para os utilizadores finais. O seu processo de instalação é tão simples como um comando numa única linha. Para adicionar o nosso repositório e começar a instalar aplicações a partir do mesmo, é necessário executar outras duas linhas.

Obrigado pelo seu tempo Yurii.

Versões 20.04.2

Alguns dos nossos projectos são lançados de acordo com as suas próprias agendas e alguns são lançados em massa. A versão 20.04.2 dos projectos foi lançada hoje e deverá estar disponível através das lojas de aplicações e distribuições em breve. Consulte mais detalhes na página da versão 20.04.2.

Algumas das correcções incluídas nesta versão de hoje são:

Notas da versão 20.04Página de transferências de pacotes na WikiPágina de informação do código do 20.04.2Registo de alterações completo do 20.04.2

Stores

KDE software is available on many platforms and software app stores.

Flathub Snapcraft Microsoft Store Chocolatey Homebrew